Dono da Construtora Valor presta depoimento como delator na Operação Quadro Negro

Compartilhe agora!

Eduardo Lopes de Souza prestou ontem (25) seu primeiro depoimento após ter a delação premiada aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é o dono da Construtora Valor que recebeu cerca de R$ 20 milhões indevidamente num enorme esquema de corrupção do governo de Beto Richa (PSDB).

Segundo denúncias, a Construtora recebia por reformas e construções de escolas sem ter executado as obras. Enquanto isso, milhares de crianças seguiam estudando em locais não apropriados. Eduardo depôs em processo contra Maurício Fanini, ex-diretor da Secretaria de Estado da Educação (SEED) e amigo pessoal do então governador Richa.

Em setembro do ano passado, o Blog do Esmael já adiantava o teor da delação que seguia para análise do STF. Não fosse pelo foro privilegiado, e pela “ajuda” no STF, Richa também estaria implicado na encrenca. Cabe lembrar que ainda há tempo. O delator afirmou já no ano passado que tinha provas da participação direta de Beto Richa no esquema.

Richa está sem foro privilegiado e este também não deve mais valer para mandatos anteriores, mesmo que o ex-governador se eleja senador ou deputado. Mas alguém ainda acredita em “tucano preso”? É crime ambiental!

Compartilhe agora!