Dissimulado, Moro pressiona Rosa Weber

A maioria dos 9 governadores e parlamentares que foi a Curitiba nesta terça (9), para tentar visitar Lula na carceragem da Polícia Federal, tinha duas certezas: 1- que o ex-presidente é um preso político e 2- que o juiz Sérgio Moro, dissimulado, pressiona a ministra do STF Rosa Weber para que vote contra a presunção da inocência.

As autoridades políticas que se reuniram num almoço na casa do senador Roberto Requião (MDB-PR), na capital paranaense, assinaram um manifesto no qual solicitam uma audiência urgentíssima com a presidenta do Supremo, Carmén Lúcia, e apontam preocupações de natureza democrática.

Quanto a Moro, a impressão de governadores, senadores e deputados é que o magistrado elogiou Rosa Weber para dissimular pressão visando manter preso o ex-presidente Lula, ou seja, manter o entendimento no STF da antecipação da pena para condenados na segunda instância.

Sergio Moro participou hoje (10) do O Fórum da “Liberdade” (sic) na PUCRS.

Comentários encerrados.