Por Esmael Morais

Bolsonaro é ‘perigoso’ para o Brasil, diz The Guardian

Publicado em 20/04/2018

Para o jornal britânico The Guardian, o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) ‘perigoso’ para o Brasil porque ele aplaudiu abertamente a ditadura militar e insultou publicamente as mulheres. “Agora ele está implantando táticas semelhantes a Trump em sua corrida para a presidência”, diz matéria do correspondente Tom Philips.

LEIA TAMBÉM
Dilma ao Democracy Now: ‘Sem Lula, extrema-direita avança no Brasil’

A inevitável comparação que a publicação faz com o presidente norte-americano Donald Trump, que ofende imigrantes latinos, seria porque Bolsonaro utiliza expressões como “vagabundos”, “canalhas” e “bandidos” para atacar adversários e por acusar críticos de propagarem fake news, além de prometer acabar com o crime e atacar a China constantemente.

Sem o ex-presidente Lula no páreo, adverte o jornal, o candidato ‘perigoso’ lidera a corrida presidencial do Brasil.

Sobre o discurso de Bolsonaro, The Guardian anota: “são muitas vezes divagatórios, sem compromisso com os fatos, ataques à sintaxe que soam absurdos quando transcritos, mas que cativam de forma estranha quando são assistidos de perto”.