Por Esmael Morais

Barack Obama poderá visitar Lula, “o cara”, na PF de Curitiba

Publicado em 19/04/2018

Aliados do PT nos Estados Unidos, como o linguista Noam Chomsky, articulam a visita do ex-presidente norte-americano Barack Obama para o homólogo brasileiro, Lula, preso politicamente na Polícia Federal de Curitiba.

O encarceramento ilegal do ex-presidente Lula ganhou repercussão internacional graças à ofensiva de petistas e coligados nos últimos dias. A ex-presidente Dilma Rousseff, por exemplo, esteve nos Estados Unidos e na Espanha; Guilherme Boulos (PSOL) foi a Portugal; Manuela D’Ávilla (PCdoB) denunciou a condição de preso político de Lula no Uruguai; Gleisi Hoffmann, porta-voz do ex-presidente, falou ao mundo árabe pela TV Al Jazeera; etc.

A cena do argentino Adolfo Pérez Esquivel, Prêmio Nobel da Paz, barrado na visita ao ex-presidente na PF da capital paranaense reforçou a ideia de prisão política de Lula. Tal proibição contraria as Regras de Mandela, adotada pela ONU, das quais o Brasil é signatário.

A pergunta que fica é: o juiz Sérgio Moro irá barrar Barack Obama durante visita a Lula ou baterá continência ao ex-presidente norte-americano? A conferir.