STF pode atropelar Carminha. Lula livre e candidato a presidente

O plenário do Supremo pode atropelar a presidenta da corte Cármen Lúcia, a Carminha, se o decano Celso de Mello retomar o debate sobre prisão após condenação em 2.ª instância.

Carminha cede à pressão da Globo, pela prisão de Lula, e essa ingerência da emissora gera desconforto no colegiado. “Essa é uma questão extremamente delicada, porque envolve a preservação da liberdade individual, então é preciso que o Supremo Tribunal Federal realmente delibere”, afirmou Mello no mês passado.

Celso de Mello já tem maioria no STF para atropelar Carminha. Em “abstrato”, os ministros podem rever a execução da pena para condenados na segunda instância a partir do habeas corpus impetrado pela defesa de Lula.

Mas o que realmente causa dor de barriga na Globo e na velha mídia golpista é a possibilidade de os efeitos da inelegibilidade também ser revista pelo Supremo. Ou seja, com uma mesma cajadada Lula poderá ficar fora da prisão e ainda disputar a eleição presidencial de outubro.

Comentários encerrados.