“Sistema S” joga contra os industriais

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, anunciou nesta terça (27) que jogará contra os interesses do setor produtivo ao defender a privatização da Eletrobras. Até um vegetal é capaz de saber que as tarifas de energia dobrarão de preços se a estatal for vendida.

A privatização de setores de infraestrutura não tem sido uma boa saída para industriais e sociedade brasileiras. Vide o caso das rodovias. A lava jato estourou um esquema que superfatura em até 400% o pedágio no Paraná.

A questão energética é muito mais complexa e a privatização da Eletrobras seria mais prejudicial aos interesses do setor produtivo do que se imagina. O recente apagão em 15 estados no Norte e Nordeste. Então vejamos.

As usinas do sistema Eletrobras já estão amortizadas (pagas). Isto quer dizer que, privatizadas, os futuros donos primeiro quererão recuperar o dinheiro despendido na compra. Somente depois farão novos investimentos na geração de energia.

O ‘Sistema S’ continua jogando contra a produção e os industriais.

Comentários encerrados.