Por Esmael Morais

Richa afasta delegado por investigação de homicídio tentado contra Lula

Publicado em 28/03/2018

O governo Beto Richa (PSDB) resolveu afastar o delegado Fabiano Oliveira de Arruda, de Espigão Alto do Iguaçu, região Centro-Sul do Paraná, das investigações de homicídio tentado contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

LEIA TAMBÉM
“Querem matar o presidente Lula”
O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR), que acompanha a caravana petista, denuncia que o governo do Paraná trocou o delegado para mudar os rumos da investigação do atentado a tiros ocorrido na noite desta terça (27).

Segundo a Veja, a investigação deverá ser conduzida agora pelo delegado Helder Lauria, chefe da Subdivisão de Polícia de Laranjeiras do Sul, e pelo Centro de Operações Policiais Especiais (COPE). Equipes da unidade já estão em Laranjeiras do Sul.

“Estamos diante da prática de crimes. Houve incitação à prática de crimes e um caso concreto de tentativa de homicídio. Vou encaminhar isso ao procurador-geral e certamente serão designados promotores para acompanhar o caso’, afirmou o promotor Olympio de Sá Sotto Maior Neto, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos (Caop), ao cobrar que o MP acompanhe o caso.

Daqui a pouco, às 17 horas, Lula participará de um ato suprapartidário na Praça Santos Andrade (UFPR), centro de Curitiba. O Blog do Esmael transmitirá o evento ao vivo para o Brasil e o mundo.

Assista ao vídeo de Zeca Dirceu:

Ato de Lula em Curitiba será suprapartidário com PT, PSOL, PDT, PSB e PCdoB