Por Esmael Morais

PSOL sob ataque de “coxinhas”

Publicado em 17/03/2018

O recém-eleito presidente do Coritiba Foot Ball Club, Samir Namur, ligado ao PSOL, está sob intenso ataque dos “coxinhas” na capital paranaense. A turma que levou o time para a segunda divisão, em 2017, quer destituir o moço eleito em dezembro passado.

A oposição “coxinha” ao dirigente do PSOL se intitula “Grupo Sangue Verde” que, pelas redes sociais, critica Namur pelo ‘planejamento que prioriza o equilíbrio financeiro’ em detrimento ‘a profissionalização do departamento de futebol e a utilização de atletas da base’.

Um dos oposicionistas ao dirigente psolista é o ex-deputado Ricardo Gomyde, ex-PCdoB, convertido recentemente ao “socialismo” tucano no PSB do Paraná.

Para quem não sabe, o apelido do Coritiba é “coxa branca” ou simplesmente “coxa” que, em tese, nada tem a ver com o “coxinha” das manifestações anti-Dilma, anti-Lula e anti-PT.