Por Esmael Morais

PSB se afasta de Alckmin e se aproxima de Alvaro Dias

Publicado em 02/03/2018

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) anunciou nesta sexta (2) que não apoiará Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República. Com essa decisão, os socialistas retornam ao campo de “esquerda” e dificulta o apoio dos tucanos à candidatura do vice Márcio França (PSB) ao governo de São Paulo.

O PSDB paulista deverá apresentar o nome do prefeito João Doria na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes.

Em outras palavras, França deverá buscar outro palanque presidencial em São Paulo. O PSB se aproxima no estado com Alvaro Dias (Podemos) e se isso ocorrer, necessariamente, os socialistas também armarão um projeto eleitoral no Paraná com Osmar Dias que poderá trocar o PDT pelo PSB.

Se a aproximação entre Podemos e PSB se concretizar muito provavelmente Osmar assuma a presidência estadual da agremiação socialista no Paraná.

Na semana passada, o deputado federal Aliel Machado pulou da Rede para o PSB. E a bancada estadual socialista na Assembleia Legislativa do Paraná trabalha forte pela vinda de Osmar Dias.