Mulheres exigem que STF anule o impeachment de Dilma Rousseff

O Movimento Nacional Anula Impeachment e vários movimentos de mulheres entregam hoje, Dia da Mulher, às 13h, no Supremo Tribunal Federal, assinaturas colhidas em todo o país exigindo que a corte anule o impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff.

LEIA TAMBÉM
Hoje é Dia da Mulher, Dia de Dilma

O líder da bancada do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (PT-RJ), disse que o objetivo da anulação do impeachment “E a volta da presidenta legítima Dilma Rosusseff, que foi vítima de um golpe”

Para o deputado Wadih Damous (PT-RJ), todos sabem que o impeachment foi um golpe travestido de figura constitucional. “Foi um movimento internacional, articulado pelo capital financeiro, para implantar o projeto ultraneoliberal no país”.

“Todos nós sabemos que a democracia foi golpeada, todos sabemos que o certo, o correto, o legal, o moral é restabelecer o governo legítimo de Dilma Rousseff, a primeira mulher eleita presidenta de nosso país”, convocam os parlamentares petistas.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.