Movimentos sociais no STF para acompanhar julgamento de habeas corpus de Lula

Publicado em 22 março, 2018
Compartilhe agora!

O julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, marcado para a tarde desta quinta-feira (22) pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) , ministra Cármen Lúcia, mobilizou movimentos sociais que realizarão um ato em frente a sede do tribunal, a partir das 13h. Comitiva de deputados e senadores de diversos partidos também estarão presente na manifestação.

Caso o habeas corpus seja concedido, ele evitará uma eventual prisão do ex-presidente se for confirmada a condenação em segunda instância pela justiça na próxima segunda (26), quando serão analisados os embargos declaratórios de Lula com relação à sentença do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que o condenou a 12 anos e um mês de prisão.

O Partido dos Trabalhadores (PT) intensificou a mobilização de seus militantes e simpatizantes no entorno de Brasília. Em mensagem à militância, a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, orientou que seja mantida a mobilização nas ruas – especialmente na capital federal – e nas redes, usando a hashtag #LulaLivre. “Queremos que o STF cumpra a Constituição e é esse recado que passaremos ao Brasil”, diz a mensagem que circulou em diversas redes sociais.

A presidente do PT informou também que agenda da Caravana de Lula no Rio Grande do Sul vai cumprir o roteiro estabelecido para o dia de hoje

Compartilhe agora!