Moro ladeira abaixo

Publicado em 16 março, 2018
Compartilhe agora!

O juiz Sérgio Moro não está com essa bola toda, pois, ao invés de Curitiba, é Porto Alegre que sedia reunião de trabalho com as forças-tarefa da lava jato. Também não é o magistrado quem comanda o apagar das luzes da operação.

A procuradora-geral da República Raquel Dodge — chefe do Ministério Público Federal — está na capital gaúcha para conduzir o encontro e à tarde haverá uma entrevista à imprensa sobre os quatro anos da operação, que serão completados no sábado (17).

A lava jato quer encerrar as atividades com a prisão do ex-presidente Lula. Ou seja, desde o início, era um sistema político disfarçado de combate à corrupção para tirar o petista da disputa presidencial deste ano.

A disputa entre Moro e Dodge agora é para ver quem levanta primeiro o “troféu” do combate final.

Quanto a Sérgio Moro, conforme registrado ontem (15) com exclusividade pelo Blog do Esmael, ele pediu exoneração do cargo de professor na UFPR. Em Curitiba não se fala outra coisa: o magistrado está de malas prontas para os Estados Unidos.

Compartilhe agora!