Moro “experimenta” o STF

Publicado em 19 março, 2018
Compartilhe agora!

O juiz Sérgio Moro, da lava jato, mandou executar a pena de um condenado em segunda instância para “experimentar” o humor político do Supremo Tribunal Federal. Ao determinar a prisão do executivo Gerson de Mello Almada, da construtora Engevix, o magistrado testa os nervos da corte suprema na véspera da discussão de um habeas corpus coletivo impetrado pela Associação de Advogados do Ceará.

O HC coletivo será pautado amanhã pelo ministro Gilmar Mendes, a despeito da contrariedade da presidenta Cármen Lúcia.

Uma vez acolhido pelo STF, o habeas corpus servirá de paradigma para outros casos de condenados em segunda instância. Ou seja, o benefício constitucional da presunção da inocência alcançará o ex-presidente Lula.

Tem ministro recomendando que Moro vá experimentar o “Velho Guerreiro”, não o Supremo.

Compartilhe agora!