Facebook remove página de ódio ligada ao MBL

Os fascistas MBL (Movimento Brasil Livre) teve um de seus braços decepados pelo Facebook. O aplicativo de Mark Zuckerberg removeu neste sábado (24) a página ‘Ceticismo Político’ por espalhar fake news sobre a execução da vereadora do Rio Marielle Franco (PSOL).

LEIA TAMBÉM
Investigação aponta o MBL como difusor das ‘fake news’ contra Marielle

A página defenestrada hoje era administrada por Carlos Augusto de Moraes Afonso, sócio de um dos fundadores do MBL — movimento que espalha ódio nas redes sociais.

A decisão do Facebook ocorreu depois que a referida página postou apoio à desembargadora associado falsamente Marielle ao tráfico de drogas.

A pergunta que não quer calar: e quando o Facebook irá remover a página do fascista MBL?

Comentários encerrados.