Bolsonaro melhor avaliado que Alckmin

Pesquisa Ipsos jura que o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) tem taxas um pouco melhores que as do governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB): aprovação de 24% – oscilação de três pontos para cima desde o levantamento anterior – e desaprovação de 58%.

No PSDB, que se afastou de Temer no final do ano passado, Geraldo Alckmin é aprovado por 20% dos eleitores, e desaprovado por 68% – suas taxas pouco oscilaram nos últimos três levantamentos do Ipsos.

A pesquisa Ipsos não é de intenção de voto.

O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: “Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor(a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País”.

O Ipsos ouviu 1.200 pessoas em 72 municípios do País, entre os dias 1.º e 16 de fevereiro. A margem de erro do levantamento é de 3 pontos porcentuais.

Comentários encerrados.