Bolsonaro e Temer são iguais quando o assunto é assassinato de Marielle Franco

A covardia une Michel Temer e Jair Bolsonaro. O primeiro cancelou viagem que faria ao Rio de Janeiro com medo que a repercussão da execução da vereadora Marielle Franco (PSOL) arranhe sua imagem. O segundo foi o único dos 13 pré-candidatos a presidente da República que não se dignificou a fazer um comentário apenas.

LEIA MAIS
Munição usada para matar Marielle Franco veio de lotes vendidos à Polícia Federal

Michel Temer desiste de balanço sobre 1º mês de abusos na intervenção no Rio

Bolsonaro e Temer são iguais, apesar de um não ter e outro ter poder. Certa feita o senador Roberto Requião (MDB-PR) afirmou que “Temer é um Bolsonaro no poder“. O parlamentar paranaense tem razão.

O diabo é que Bolsonaro, o único a não se pronunciar, é deputado pelo Rio de Janeiro.

Bolsonaro não merece ser presidente nem do Madureira.

Comentários encerrados.