Antonio Mariz, advogado de Temer, vê escalada autoritária no direito penal

O advogado criminalista Antonio Claudio Mariz de Oliveira, que representa Michel Temer, aponta o surgimento de um novo código penal autoritário no Brasil. Mariz fala em exacerbação da “cultura punitivista” nesses tempos de lava jato.

LEIA TAMBÉM
STF já governa no lugar Temer

“O que eu vejo é que há realmente uma movimentação do sistema jurídico penal inusitada em relação a um presidente da República”, disse o advogado em entrevista ao Estadão.

Sobre a interferência do ministro do STF Luís Roberto Barroso no indulto de Natal, Mariz afirmou que “é ato soberano, é ato do rei, isto é histórico, isto é, no mundo.”

“O que preocupa é o avanço do autoritarismo do sistema penal. Há um novo código penal no País, o do autoritarismo”, opina o advogado.

Mariz ainda comenta acerca dos 4 anos da lava jato. Segundo ele, há saldo negativo na força-tarefa: “os excessos, as agressões aos direitos individuais e principalmente a intolerância que tomou conta da sociedade brasileira. Em nome do combate, em nome da represália, você se tornou um ser intolerante.”

Comentários encerrados.