Será o começo do fim do pedágio mais caro do mundo?