Por Esmael Morais

Requião propõe reforma do judiciário para conter abusos de autoridade

Publicado em 08/02/2018

O senador Roberto Requião (MDB-PR) propôs uma ampla reforma no poder judiciário brasileiro para conter o abuso de poder. “Precisamos fazer uma limpeza nas instituições. Essas limpezas não as depreciam. Pelo contrário. As valorizam”, afirmou nesta quinta (8) durante uma entrevista sobre a disputa pelo governo do Paraná.

“Por que somente políticos nacionalistas e de esquerda estão indo para a cadeia?”, questionou o parlamentar durante sabatina no blog curitibano Gazeta do Povo. “É para remover as possibilidades de reação ao entreguismo”, completou. Para o senador, esse comportamento é uma espécie de abuso de autoridade do judiciário.

Embora o assunto fosse a política paranaense, o parlamentar foi bastante solicitado sobre questões nacionais como Petrobras, auxílio-moradia, candidatura a vice-presidente na chapa de Lula, modelo de desenvolvimento, emprego, juro bancário, previdência pública, etc.

Acerca do “quintal”, Requião adiantou que se for eleito governador pela quarta vez irá estatizar o pedágio. “A tarifa de um ou dois reais [como na BR de Santa Catarina] seria apenas para a manutenção das estradas, pois as obras de infraestrutura têm que ser investimento público, tem que sair do orçamento do estado”, disse.

Assista ao vídeo: