Por Esmael Morais

PF sob investigação do PT

Publicado em 10/02/2018

O feitiço virou contra o feiticeiro, pois o Partido dos Trabalhadores vai denunciar o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, por encobrir supostos crimes de Michel Temer. Sim, o PT quer, com razão, investigar a PF.

“A fala do Delegado Geral da Policia Federal Fernando Segóvia é uma clara interferência nas investigações em relação a Michel Temer. Vou representá-lo no MPF, na Comissão de Ética da Presidência da República e convocá-lo na CCJC da Câmara Federal”, antecipou o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP).

O diretor-geral da PF afirmou que a tendência na PF é arquivar o inquérito contra Michel Temer relacionado ao esquema nos portos. Segovia foi intimado a se explicar pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso, relator da investigação contra Temer no Supremo.

As investigações dizem repeito ao pagamento de propina por parte de representantes da empresa Rodrimar, que opera áreas do porto de Santos (SP), para a edição do decreto que prorrogava contratos de concessão e arrendamento portuários, assinado por Temer em maio do ano passado.