Por Esmael Morais

Jaques Wagner, plano B de Lula e PT, é alvo de operação da Polícia Federal

Publicado em 26/02/2018

As ações político-partidárias da PF dão o tamanho exato do medo do PT, que, mesmo sem Lula, continua sendo o bicho-papão de 2018.

Na manhã desta segunda (26), por exemplo, a PF deflagrou a operação Cartão Vermelho, que investiga as obras do estádio da Fonte Nova, na Bahia. A conversa é que houve pagamento de propina e financiamento de campanhas eleitorais.

O objetivo eleitoral da operação é macular o ex-governador Jaques Wagner e o atual Rui Costa, ambos do PT.

Wagner é nome forte no PT para substituir Lula, caso este fique inelegível, e Rui lidera pesquisas pela reeleição.

Mais: Jaques Wagner é o nome defendido pelo ex-ministro José Dirceu na falta de Lula.

“Alerta aos petistas! Nao cogitem nomes como candidatos à Presidência da República porque a Policia Federal instaura inquérito e pede busca e apreensão na casa do sujeito. Ja ocorreu com o Lula, com Haddad e agora com o Jaques Wagner”, resumiu o deputado Paulo Teixeira (PT-SP).