Por Esmael Morais

FBI vai atuar contra “fake news” nas eleições brasileiras de 2018. TSE para quê?

Publicado em 26/02/2018

A jornalista Mônica Bergamo, da Folha, conta que o Federal Bureau of Investigation (FBI), a polícia federal norte-americana, vai atuar contra “fake news” nas eleições brasileiras deste ano.

O FBI desembarca no Brasil em março para fazer uma exposição no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre como o órgão rastreou e tentou combater as “fake news” nos EUA.

A corte montou uma força-tarefa junto com a PF (Polícia Federal) para tentar inibir a divulgação de notícias falsas durante a eleição.

Pelo que se depreende, a burguesia brasileira desistiu de ser brasileira. Além de desnacionalizar terras e petróleo, privatizar energia e água, exercício das forças armadas com militares dos EUA, agora permite-se a interferência externas nas eleições de 2018.

Se necessita de ajuda externa, o TSE precisa ser fechado já.

Todos nós sabemos que as principais fontes de notícias falsas — as diabólicas fake news — são Globo, Estadão, Folha, setores do judiciário, dentre outros integrantes do consórcio golpista.