Ditadura anima Deltan Dallagnol: ‘Buscas e prisões também no Congresso Nacional’

O procurador Deltan Dallagnol, da lava jato, sugeriu nesta terça (20) que os mandados de busca e prisões nas favelas do Rio também valham para o Congresso Nacional.

“Se cabem buscas e apreensões gerais nas favelas do Rio, cabem também nos gabinetes do Congresso. Aliás, as evidências existentes colocam suspeitas muito maiores sobre o Congresso, proporcionalmente, do que sobre moradores das favelas, estes inocentes na sua grande maioria”, disparou Deltan na sua conta do Twitter.

O deputado Wadih Damous (PT-RJ) comentou a opinião do procurador e sugeriu que as buscas também fossem liberadas para os gabinetes dos membros da lava jato:

“Embora o Dr. Dallagnol não seja um campeão da legalidade concordo com ele acerca dos mandados coletivos nas favelas, são ilegais. Quanto a estende-los ao Congresso, ok, mas gostaria que as buscas nos gabinetes dos procuradores tb fossem liberadas”, devolveu o petista, que já foi presidente da OAB-RJ.

Comentários encerrados.