Anti-Huck: Palácio do Planalto estuda Ratinho na disputa pela Presidência da República

| Comente agora

O Palácio do Planalto não quer nem ouvir falar no apresentador Luciano Huck (Globo) como candidato “oficial” à Presidência da República. O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB-MS), afirma que é preferível o apresentador Ratinho (SBT) como representante da situação na eleição deste ano.

“Se for para ter um candidato a presidente da República televisivo, eu confesso que preferiria o Ratinho. É muito mais autêntico”, disparou Marun, de acordo com registro da Folha.

LEIA TAMBÉM:
Huck já gostava de “mamar deitado” em 2013, quando usou empréstimo de R$ 17,7 mi do BNDES para comprar jatinho

Há menos de duas semanas, o apresentador José Luiz Datena (Band) desceu a borduna no também apresentador e candidato da Globo. “Luciano Huck não tem competência para resolver os problemas do Brasil”, criticou.

Se por um lado Huck é tratado no “coice” pelo Palácio do Planalto, por outro, os palacianos estão encantados com Ratinho depois daquela diabólica entrevista de Michel Temer defendendo a reforma da previdência. Nas redes sociais, prevaleceu a narrativa segunda qual o apresentador do SBT “traiu o povo” ao se posicionar pelo fim das aposentadorias.