MBL não consegue quórum para “protestos” contra Lula no país

| 36 Comentários

O Movimento Brasil Livre (MBL) fez vergonha no país inteiro nos “protestos” que organizou nesta terça (23) contra o ex-presidente Lula. Foi um fiasco só. Faltou quórum.

Mesmo com apoio do prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan (PSDB), que é membro do MBL, o grupo que pedia “Lula na Cadeia” não reuniu cinquenta “patos idiotas” de verde e amarelo — como definiu o Santo Padre Leomar Antonio Montagna.

Noutras praças, como Curitiba, sede da lava jato, nem se ouviu falar do protesto do MBL ao prometido “apoio” ao juiz Sérgio Moro.

Em contraste, na Esquina Democrática, centro da capital gaúcha, 70 mil participaram hoje à tarde de manifestação em defesa da democracia e pelo direito de Lula disputar a eleição presidencial deste ano.