Por Esmael Morais

Lula desafia o TRF4: “Agora eu quero ser candidato a presidente do Brasil”

Publicado em 24/01/2018

O ex-presidente Lula subiu o tom no discurso desta noite (24) na Praça da República, em São Paulo, após a condenação pelo TRF4 no caso do tríplex. O petista voltou a jurar inocência e disse que agora que ele quer ser candidato a presidente do Brasil.

“Eles só querem que eu não seja candidato. Mas agora eu quero ser candidato a presidente do Brasil”, discursou o ex-presidente para um plateia estimada em 50 mil pessoas.

Lula desafiou os desembargadores do TRF4 a apresentarem um crime que ele cometeu.

“Eles podem cassar meu direito de ser candidato. Eu quero disputar com eles a consciência do povo brasileiro. Se apresentarem meu crime, desisto da candidatura. Mas continuo desafiando eles”, disse.

“Desafio os três juízes que me julgaram a provar algum crime que eu tenha cometido. Esse processo está subordinado à imprensa brasileira”, atacou o petista.

Lula informou que viajará na segunda-feira (29) para a Etiópia, na África, mas antecipou que voltará com ânimo redobrado para lugar pela democracia e pelo direito de disputar a eleição de outubro.

“Vou a Etiópia e segunda-feira estarei de volta aqui nesse país pra lutar pelo povo trabalhador”, finalizou.

Assista ao discurso de Lula: