Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Fake news: Polícia investiga suposto atentado contra Lula no julgamento do TRF-4

O jornal “O Paraná”, do município de Cascavel (PR), trouxe uma “fake news” em sua capa sobre um suposto plano fajuto para assassinar o ex-presidente Lula durante a manifestação do dia 24 de janeiro, em Porto Alegre, no julgamento do TRF-4.

A “denúncia” do jornal que pertence ao deputado federal Alfredo Kaefer (PSL-PR) — um ex-dirigente do PSDB do Paraná cujo grupo empresarial Diplomata faliu recentemente — apresenta traços de inverossimilhanças próprios de “fake news” nesses tempos de pós-verdade.

“O Paraná” tenta arrastar o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra numa falsa polêmica porque, além da forte presença do MST na região Oeste e Sudoeste do Paraná, o parlamentar em questão não se conforma com os acampamentos de sucesso no município de Quedas do Iguaçu e o recente desfecho judicial contra a Araupel em favor do movimento.

A conversa do jornal de Kaefer é que um falso atentado a Lula estaria sendo urdido para gerar comoção internacional.

“A reportagem do Jornal O Paraná teve acesso com exclusividade a informações que revelam um elaborado e até macabro plano “elaborado por pessoas envolvidas com a alta cúpula petista e que conta com a “mão de obra” dos sem-terra instalados em Quedas [do Iguaçu]”, diz a “fake news”.

Comentários desativados.