Com medo de greve, governo Richa provoca professores: ‘não lotam uma Kombi’

Compartilhe agora!

O governo Beto Richa (PSDB) dissemina nas redes sociais que a APP-Sindicato, pós-condenação de Lula no TRF4, não tem força ‘nem para encher uma Kombi’ de professores para participarem da assembleia geral prevista no sábado (29), em Curitiba. Dentre os temas da reunião está a deflagração de greve geral da categoria.

Os palacianos fizeram um print de uma conversa reservada de diretores do núcleo da APP de Umuarama com o intuito de chancelar a fake news.

Segundo um educador ouvido pelo Blog do Esmael, os tucanos ‘riem de medo’ do movimento paredista em fevereiro próximo. A greve da educação, se assembleia da categoria aprovar daqui a dois dias, será por tempo indeterminado.

Professores e funcionários de escola estão indignados com o governador Beto Richa que reduziu 13,35% no salário dos profissionais contratados pelo regime PSS; com a corrupção investigada pela Operação Quadro Negro; não cumprimento do piso nacional do magistério; redução na hora-atividade; demissões de PSSs; propaganda enganosa e ataque à categoria; calotes; etc.

A assembleia da APP será no espaço Reviver, em Curitiba. O Blog do Esmael vai acompanhar ao vivo.

Compartilhe agora!

Comments are closed.