Brasil sofre maior desindustrialização da História. Cadê os patos do sistema S?

O sul-coreano Ha-Joon Chang, professor de economia da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, em entrevista ao espanhol El País, disse que o Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia mundial. E os patos do sistema S o que fazem? Nada.

Ha-Joon Chang veio ao Brasil participar do Fórum de Desenvolvimento, em Belo Horizonte. Para ele, investir em política de austeridade é contraproducente. “A receita de austeridade usada na Grécia é a mesma tentada na América Latina, na África e em alguns países da Ásia nas décadas de 1980 e 1990, e que criou desastrosos resultados econômicos”, afirmou em entrevista ao jornal espanhol.

Segundo o professor, a industrialização representa hoje apenas 12% — ainda em viés de queda — da produção nacional do Brasil. Nos anos 80 e 90, no ápice da industrialização, exemplifica, o setor representou 35% da produção nacional.

“O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história, em um período muito curto. O país tem que se preocupar”, aconselhou.

A desindustrialização no país é fruto do apoio pelos patos do sistema S ao golpe de Estado. Portanto, é responsabilidade deles o declínio do setor nesses tempos de Michel Temer et caterva.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Enquanto isso a Presidenta do PT concede uma entrevista à Bíblia do Capitalismo Internacional dizendo que Lula prepara uma NOVA CARTA AOS BRASILEIROS………………, OU MELHOR……………………., AO GRANDE CAPITAL FINANCEIRO ………………………!!!!!

  2. Pato foi o povo que acreditou nessa farsa.

  3. O Ku Xai Chang, esqueceu de avaliar os E.U.A, que a pobreza Triplicou nos Estados Americanos, Principalmente Nova e Los Angeles.

  4. O Diretor da Universidade John F. Kennedy de Boston, Ku Xai Chang, afirma em entrevista ao Jornal Detroid Post que a situação da economia é trágica se for considerada os 15 anos dos governos PT/PMDB.
    A influência da política assistencialista para fins de divisão de renda foi um golpe muito grande para as finanças do estado.

  5. ESTAMOS SEMPRE NO FIM DA CAUDA DA SERPENTE, APLICANDO MODELOS JÁ EXPERIMENTADOS E FRACASSADOS, SOMOS COLÔNIA DE COLÔNIAS

  6. o Brasil do Golpe tudo piora mas as mídias enganadoras do “conluio golpista dos bandidos de toga e sem toga” divulgam propagandas enganosas pagas com o suor e sangue dos trabalhadores. Querem os demais retrocessos assassinos e crimes lesa-pátria continuem sendo aprovados mesmo que aumentem o rombo para comprar votos e apoio das organizações criminosas infiltradas nos três podres poderes”.

  7. O nome patos é o retrato de quem são uma grande parcela de “empresários brasileiros” deviam aprender se espelhando com gestores da Azia e Europa que nos dão amostras de como se deve gerenciar no século XXI uma empresa. Começando por salários que não são gastos mas sim investimentos e mais salários justos como na (China e outros países da Azia e Europa) tem na sua base a partir de 800 (oitocentos dólares) mais que o dobro do Brasileiro com carga tributária maior que a brasileira mas menor de trabalho menor 40 horas semanais. Ai pergunto ate quando vamos nos deixar enganar com engôdos dos ? Ter lucro é necessário mas com justiça social para os que produzem a riqueza (trabalhadores).