Sobrinho de Requião lidera dissidência do PMDB na reforma da previdência; assista

| 15 Comentários

O deputado federal João Arruda (PMDB-PR), sobrinho do senador Roberto Requião (PMDB-PR), nesta terça-feira (5), publicou vídeo nas redes sociais dizendo é preciso acabar com os privilégios no judiciário e no legislativo.

“Antes tem de debater privilégios, supersalários acima do teto, no judiciário, no legislativo e também no executivo. São agentes que ganham acima de R$ 30 mil. Eu estou falando de juízes e promotores [procuradores]”, explicou o deputado que é 2º vice-presidente nacional do PMDB.

“Reforma da previdência só se for para acabar com privilégios dos grandes, sem atingir professores, policiais, e o povo trabalhador que se aposenta pela iniciativa privada e ganha em média de 2-3 mil reais por mês”, afirmou o deputado.

Não é a primeira vez que Arruda votou contra a orientação do PMDB. Na semana passada, o sobrinho de Requião rejeitou o projeto que concedeu isenção de R$ 1 trilhão às petrolíferas estrangeiras em desfavor aos brasileiros.

A executiva nacional do PMDB informou que vai “fechar questão” pela aprovação do texto original da reforma da previdência. A bancada na Câmara já sinalizou nesse sentido, disse o líder Baleia Rossi (PMDB-SP).

A seu jeito, Requião comemorou o posicionamento do sobrinho pelo Twitter: “Comenta-se que a questão fechada do PMDB na previdência pagará também um bônus para quem votar com o governo: ‘passará uma semana com Cunha na penitenciária de Curitiba’ ou alternativamente poderá ‘contar todo o dinheiro do Ap do Geddel’”.

No início desta noite, o Blog do Esmael registrou com exclusividade que Michel Temer (PMDB) anunciou a centrais sindicais que a reforma da previdência será votada na semana que vem “chova ou faça sol”.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Tu vê! Eleições se aproximando e agora, depois do Golpe, tentar fazer média com a população. Menos mal que tá tentando desfazer um pouco da cagada que vinha fazendo até então.

  2. “Volta o cão arrependido
    Com suas orelhas tão fartas
    Com seu osso roído
    E com o rabo entre as patas”

    Vira-casada safado. Tenta dar uma de santa agora, mas não esqueceremos as sacanagens que você fez nos últimos 3 anos.

  3. Ninguém esquece que você é golpista. Que você votou com o Temer. Pensa que as pessoas não tem memória?

  4. É um Golpista, está tatuado.

  5. http://www.tribunapr.com.br/noticias/politica/veja-como-votaram-os-deputados-paranaenses-na-polemica-reforma-trabalhista/

    VOTARAM CONTRA A REFORMA TRABALHISTA:

    Aliel Machado (REDE)

    Assis do Couto (PDT)

    Christiane Yared (PR)

    Enio Verri (PT)

    Fernando Francischini (SD)

    Leopoldo Meyer (PSB)

    Luciano Ducci (PSB)

    VOTARAM A FAVOR DA REFORMA TRABALHISTA:

    Alex Canziani (PTB)

    Alfredo Kaefer (PSL)

    Dilceu Sperafico (PP)

    Edmar Arruda (PSD)

    Evandro Roman (PSD)

    Giacobo (PR)

    João Arruda (PMDB)

    Leandre (PV)

    Luiz Carlos Hauly (PSDB)

    Luiz Nishimori (PR)

    Nelson Meurer (PP)

    Nelson Padovani (PSDB)

    Osmar Bertoldi (DEM)

    Reinhold Stephanes (PSD)

    Rocha Loures (PMDB)

    Rubens Bueno (PPS)

    Sandro Alex (PSD)

    Sergio Souza (PMDB)

    Takayama (PSC)

    Toninho Wandscheer (PROS)

    NÃO APARECERAM PARA VOTAR:

    Diego Garcia (PHS)

    Hermes Parcianello (PMDB)

    Zeca Dirceu (PT)

  6. Uma vergonha ESMAEL estender tapete para este elemento que VOTOU A FAVOR de acabar com a CLT. VERGONHA. VERGONHA. VERGONHA

  7. Eu pensava que esse deputadozinho iria ser o sucessor do Requião, do velho PMDB de guerra, mas não passa de um vendido do Temer, votou tudo o que podia contra o que o velho Requião defende.
    Votei nele para federal porque o seu tio pediu voto a ele, mas não voto nunca mais.

  8. Pingback: Blog do Esmael

  9. oportunista golpista lacaio do temer ,nas denuncias votou a favor da corrupção do temer e seus ministros envergonhando o Paraná.

  10. Agora não adianta, Sr. João Arruda. Por três anos o senhor votou com o golpe, agora a menos de um ano para as eleições esse cidadão começa a fazer uma média. Game over pra vc. Parentesco puro e simples não elege ninguém. A árvore se reconhece pelos frutos e o sr. Arruda vai ser cortado e queimado como lenha em 2018.

  11. Se fizer sol: fora temer!
    Se fizer chuva: também fora temer!
    Se os deputados canalhas fecharem questão: fora temer!
    Se disser pega ladrão: também fora temer!
    Temos trabalhadores rurais em greve de fome, na câmara dos deputados!
    A qeastão vai fechar, em Brasília, no dia 13/12!

  12. Ta bom então! João Arruda vem votando com o Temer, agora quer fazer MEDIA, levou puxa-o de orelha do TIO.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.