Requião Filho: Superar a era Richa

O deputado Requião Filho (PMDB) anota que o governador Beto Richa “criou” 107 mil desempregados, mas, durante a campanha, dizia que iria criar 400 mil novos empregos.

É possível superar este Governo de promessas vazias e colocar o Paraná em 1º Lugar

Requião Filho*

Estamos às vésperas de mais um ano eleitoral e, antes mesmo de começar 2018, ninguém mais aguenta as propagandas políticas. São as mesmas e sucessivas falácias de sempre, que acabam ficando apenas “na base da promessa”, sem sair do papel. O eleitor pode ser vulnerável, mas no fundo não é bobo!

Quando começa a movimentação de campanha, lá vem o candidato querendo se passar por “bom moço”, registrando Plano de Governo em Cartório e, logo depois que é eleito, vem uma desculpa atrás da outra para se esquivar de cumprir o que prometeu. Aqui no Paraná, infelizmente, inúmeras foram as promessas não cumpridas pelo atual Governo. E olha que tiveram oito anos para fazer tudo!

Segundo o Jornal O Paraná, o atual Governador prometeu construir 20 novas penitenciárias, porém, até agora, nenhuma foi entregue. Além disto, a publicação relembra as promessas do atual Governador que, enquanto candidato, dizia que iria criar 400 mil novos empregos em seu mandato. Até hoje, o Estado perdeu 107 mil postos de trabalho e as promessas descumpridas da reeleição só se acumularam.

Mas não precisa ser assim novamente! Basta abrirmos os olhos e apostarmos em um novo Governo, comprometido com um planejamento realista, levando em consideração os inúmeros problemas que devem ser resolvidos em nosso Estado, e inclusive superar a atual gestão da propaganda.

Os paranaenses devem valorizar os que apresentem promessas possíveis de ser cumpridas, que apresentem formas reais de como resolver o rombo da Previdência dos Servidores; dar melhores condições de trabalho aos professores; solucionar as dificuldades enfrentadas pela Polícia Militar, etc. Ou seja, colocar o Paraná em primeiro lugar!

E fazer isto é valorizar a coisa pública, como por exemplo, gerir as empresas públicas – com destaque para a SANEPAR e a COPEL – em prol da população e não de empresários.

O atual governo decepcionou os paranaenses em todos os setores estratégicos do Estado, condenando a educação aos piores índices, massacrando os servidores públicos e deixando o Estado à mingua.

Este governo também virou às costas para aqueles que mais o apoiaram. Sua propaganda eleitoral era recheada de promessas para os empresários e agora vem sangrá-los com novos e intermináveis aumento de impostos. O Paraná pede socorro!

A corrida eleitoral se aproxima e o cidadão deve estar atento agora, mais do que nunca, às promessas dos candidatos, principalmente aqueles que durante o período em que estiveram à frente de algum cargo público, pouco fizeram para representar quem os elegeu. Não dá mais para acreditar no Conto da Carochinha!

Quem promete muito, sem mostrar como resolver os atuais problemas da atual gestão ou os que negam que tais problemas existem, não merece sua confiança! O Paraná não é nenhuma Ilha da Fantasia e não há magia que seja capaz de colocar tudo nos eixos com mentiras e ilusões.

*Requião Filho é deputado estadual pelo PMDB do Paraná.

Comentários encerrados.