Por Esmael Morais

PT costeando o alambrado de Cida Borghetti?

Publicado em 20/12/2017

Cida assumirá o governo do Paraná a partir de abril do ano que vem, pois, o governador Beto Richa (PSDB) renunciará ao cargo para concorrer ao Senado.

Sem a candidatura do senador Roberto Requião (PMDB) ao governo do Paraná, haja vista que ele é cotado para a vice na chapa do ex-presidente Lula, o PT ficou soltinho da Silva na praça.

Mas Péricles jura que não foi tratar de sucessão com a mulher e a filha do ministro da Saúde Ricardo Barros (PP). Aliás, o Leitão Vesgo deu uma inclinada à esquerda ao fechar com o PSB. Portanto, caro leitor, não estranhe os Barros de volta ao palanque petista em 2018 (Ricardo Barros foi vice-líder do governo do PT na Câmara).

O deputado Péricles relata que se reuniu na terça-feira (18) com a vice-governadora do Paraná Cida Borghetti, no Palácio Iguaçu, para pedir apoio às demandas relacionadas à defesa das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Dentre os desafios está o projeto de implementação de um Centro de Excelência Multidisciplinar de Solidariedade às pessoas com TEA.

“A vice-governadora se colocou à disposição para ajudar na elaboração do Centro. Essa estrutura vai capacitar professores e agentes de saúde para diagnóstico e tratamento do autismo”, disse o deputado.

Além da demanda específica do Centro de Excelência, Péricles também protocolou junto à vice, a instituição de um Cadastro Estadual da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. O objetivo é fazer o registro dos casos existentes no Paraná para que seja possível formular políticas públicas destinadas ao desenvolvimento dessas pessoas, visando à melhoria do seu atendimento.

CONGRESSO INTERNACIONAL

“Entregamos o projeto à vice-governadora que se colocou à disposição da causa, asseguramos uma reunião mais técnica para o mês de janeiro e um Congresso Internacional sobre Autismo, a ser realizado nos dias 16, 17 e 18 de abril de 2018”, conta Péricles.

Participaram da reunião com a vice, além do deputado Péricles, o deputado federal Aliel Machado, a deputada estadual Maria Vitória e lideranças do movimento em defesa dos autistas como Amanda Bueno, Antônia Cia, Fernanda Rosa, Lilian Macacini, Liriane Costa de Oliveira, Marcia Valiati, Nathalia da Self, Nilton Salvador e Pamela Oms.