Ninguém mais ousa tirar foto com João Doria. Oh, coitado!

Até dias atrás, o prefeito de São Paulo João Dória (PSDB) era mais requisitado que Aécio Neves (PSDB-MG) nas sessões de fotografias Brasil afora. Agora até o mais puxa-saco de outrora lhe dá as costas diante da reprovação apontada no Datafolha.

De acordo com o instituto, 39% dos moradores de São Paulo consideram a gestão tucana ruim ou péssima. Do início do ano até agora, depois de muitos ovos e viagens pelo país, a reprovação cresceu 26 pontos (13% para 39%).

O Datafolha foi um “sossega-leão” dos tucanos paulistas em Doria, que tentava se projetar para disputar o governo do estado. O PSDB tenta compor com o PSB de Márcio França, vice de Geraldo Alckmin. Portanto, o prefake estava atrapalhando o jogo maior do partido.

Mais medíocre que o desempenho de Doria era o puxa-saquismo de políticos e juízes do Paraná, que se comportavam (e ainda se comportam) como membros da Quinta Comarca de São Paulo — status que perdurou até 1853.

Comentários encerrados.