Gilmar Mendes solta Anthony Garotinho e o presidente do PR

O STF virou a casa da Mãe Joana. Um ministro prende, outro solta. Prisões ilegais que não deveriam sequer ter ocorrido. Um horror atrás do outro.

Hoje, por exemplo, o ministro Edson Fachin mandou prender o deputado Paulo Maluf (PP-SP) mesmo ao arrepio da Constituição Federal.

Gilmar Mendes determinou agora à noite a soltura do ex-governador Anthony Garotinho (PR) e do presidente do Partido da República, Antonio Carlos Rodrigues.

Já foi dito aqui que Gilmar Mendes é o “macho alfa” do Supremo.

Os dois políticos nem deveriam ser presos, pois seus respectivos processos tramitam na 98ª Zona Eleitoral de Campos de Goytacazes (RJ) e ainda não transitaram em julgado (cabem recursos nas instâncias superiores).

O judiciário tem abusado da autoridade que a sociedade lhe outorgou.

Comentários encerrados.