Gilmar Mendes dá “indulto de Natal” a Richa

Gilmar Mendes, do STF, fez hoje barba, cabelo e bigode. A última dele foi conceder uma espécie de “Indulto de Natal” ao recém-eleito vice-presidente nacional do PSDB, o governador do Paraná Beto Richa.

O magistrado suspendeu inquérito no âmbito da Operação Publicano, que investiga o tucano por suposta corrupção na Receita Estadual.

“A manutenção do trâmite de investigação sem um mínimo de justa causa coloca em risco o sistema político”, decidiu o ministro.

O ex-presidente Lula que não espere a mesma benevolência do judiciário e da velha.

Comentários encerrados.