Por Esmael Morais

A exemplo de Maria do Rosário, Bolsonaro também já foi vítima de assalto

Publicado em 28/12/2017

Recortes de jornais de 1995 mostram que o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) também foi assaltado e, mesmo armado, sentiu-se “indefeso”. Pois bem, a deputada Maria do Rosário (PT-RS), vítima de mesmo crime na noite desta quarta-feira (27), em Porto Alegre, virou alvo do ódio de bolsomitos et caterva nas redes sociais.

Na época, Bolsonaro afrouxou mesmo estando armado e com a experiência militar que diz ter como capitão da reserva. Há 22 anos, quando o parlamentar ainda tinha 40 anos, os bandidos levaram sua motocicleta e arma no assalto ocorrido na Zona Norte do Rio.

A militância ultradireitista nas redes sociais atacou a petista por conta de rusgas passadas da parlamentar com o presidenciável do PSC. “Assaltaram a Maria do Rosário. Só não entendi por que ela chamou a polícia opressora. Afinal de contas, os bandidos vítimas da sociedade não estavam apenas fazendo justiça social, tirando os bens de uma rica deputada?”, comemorou um dos internautas.

Outro criticou a comemoração do assalto à deputada do PT, que teve o carro e alguns pertences pessoais roubados. “Pra comemorar assalto à Maria do Rosário tem que estar num nível de ignorância de exígua esperança de recuperação, porque 2018 bate à porta, a internet tá aí há décadas pra SE INFORMAR E APRENDER e só não entende Direitos Humanos quem não quer, prefere relinchar no seu esgoto”.

Bolsonaro e Maria do Rosário foram vítimas de uma mesma espécie de fatalidade decorrente da chaga social: o assalto. A única diferença é que a petista não estava armada.

Pelo sim pelo não, a bancada do PT na Câmara divulgou a seguinte nota acerca do episódio:

Bancada do PT na Câmara manifesta solidariedade a Maria do Rosário

Os líderes do PT na Câmara, deputados Carlos Zarattini (SP) e Paulo Pimenta (RS), em nome de toda a bancada petista, manifestam solidariedade à deputada Maria do Rosário (PT-RS) e a seu esposo, Eliezer Pacheco, que no início da noite desta quarta-feira (27) foram vítimas de um assalto em frente à casa onde moram, em Porto Alegre. Ao lamentar o episódio, que foi protagonizado por três assaltantes e que resultou no roubo de um carro e de alguns pertences pessoais, a bancada também manifesta seu sentimento de alívio por saber que Rosário e seu esposo estão bem, apesar da violência da qual foram vítimas.

Brasília, 28 de dezembro de 2017

Deputado Carlos Zarattini e deputado Paulo Pimenta
Líderes da Bancada do PT na Câmara