Deltan Dallagnol chuta cachorro morto nas vésperas de Natal, sem razão

Pré-candidato ao Senado, o procurador Deltan Dallagnol deu pra chutar cachorro morto neste fim de ano. Sem razão.

Segundo lugar em sondagem pelo Senado, de acordo com a Paraná Pesquisas, o coordenador da lava jato chutou nesta sexta-feira (22) Michel Temer (PMDB), com 100% de rejeição, por ter indultado presos da força-tarefa.

“Temer prepara uma saída para si”, chutou Deltan ao criticar o indulto de Natal assinado ontem pelo peemedebista.

Dentre os agraciados pelo indulto estão o ex-deputado André Vargas, registrado ontem em primeira mão pelo Blog do Esmael.

“Temer prepara uma saída para si (se condenado) e para outros réus da #LavaJato: agora, corruptos no Brasil cumprirão apenas 1/5 da pena e serão completamente indultados (perdoados), como regra geral”, disparou Deltan contra o cachorro morto.

Na ânsia do punitivismo e da vingança pessoal, Deltan Dallagnol perde a razão, pois o indulto natalino tem previsão constitucional. O benefício da progressão atinge os agentes que cometeram crimes sem grave ameaça ou violência. Cumpridos os requisitos da lei, é direito fundamental do apenado.

Comments are closed.