Por Esmael Morais

Congresso confirma redução do salário mínimo

Publicado em 14/12/2017

Inicialmente, o governo Michel Temer (PMDB) reduziu o mínimo de R$ 979 para R$ 969 no mês de agosto. Mas, em outubro, revisou o valor para baixo pela segunda vez, em R$ 965, cuja confirmação se deu ontem pelos congressistas.

A redução do salário mínimo, de R$ 979 para R$ 965, ou seja, de R$ 14, é uma inegável “conquista” do golpe de Estado e da derrubada de Dilma Rousseff em 2016.

Atualmente, o salário mínimo é de R$ 937.

O projeto de orçamento aprovado ontem e que vai para sanção presidencial prevê ainda um déficit primário de R$ 157 bilhões para o governo federal no próximo ano. O número é um pouco menor do que os R$ 159 bilhões determinados pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO, Lei 13.473/17) como meta fiscal para o próximo ano.