Por Esmael Morais

Azedou o arroz doce de Beto Richa na Operação Quadro Negro. Veja os motivos

O esquema que simulava a construção de escolas com o fim de desviar recursos para campanhas eleitorais do PSDB é maior do que se imaginava, afirma o Ministério Público do Paraná, que ampliou a investigação da Operação Quadro Negro para mais duas dezenas de estabelecimentos de ensino e 13 novas empreiteiras. De acordo com o empreiteiro Eduardo Lopes, dono da

Publicado em 08/12/2017

De acordo com o empreiteiro Eduardo Lopes, dono da Construtora Valor, cuja delação foi homologada pelo ministro do STF Luiz Fux, foram simuladas construção de escolas para desviar recursos da educação visando abastecer campanhas eleitorais no Paraná. Segundo ele, Beto Richa dava o “ok” para os desfalques. O Ministério Público estima em R$ 20 milhões os valores surrupiados do erário.

Nesta sexta-feira (8), o blog Gazeta do Povo anota que o MP ampliou as investigações para pelo menos outros 18 colégios de diversas regiões do Paraná. Ainda segundo a reportagem, a nova fase da Quadro Negro atinge em cheio outras 13 construtoras, responsáveis pela execução de contratos que passaram a ser investigados.

“… os desvios já causados pelo esquema de corrupção são bem maiores que os R$ 20 milhões apontados até agora pelas investigações”, diz o blog após ouvir o MP-PR.

O último lance dessa história, visando obstruir a Justiça, o promotor Carlos Alberto Hohmann Choinski foi removido das investigações da Operação Quadro Negro pela Procuradoria-Geral do Paraná. Ele tinha notificado o chefe da Casa Civil (Valdir Rossoni, do PSDB) e o 1º Secretário da Assembleia Legislativa do Paraná (Plauto Miró, do DEM).

O Blog do Esmael registrou em primeira mão, no início de junho de 2015, o escândalo e a consequente queda da cúpula da Educação do Paraná na época.

LEIA TAMBÉM:

Beto Richa “abalado emocionalmente” censura professores na Justiça do Paraná

STF recebe ação contra conselheiro do TCE-PR investigado na Operação Quadro Negro

“EFEITO QUADRO NEGRO”: Comunidade se cansa de esperar e reforma escola no Paraná

Globo prevê final “inesquecível” para Beto Richa, semelhante ao de Aécio Neves

Moro e Requião ‘se unem’ na crítica à remoção de promotor da Operação Quadro Negro

Propinas da “Quadro Negro” e da “Publicano” podem ter ‘virado’ imóveis de luxo?

Ratinho diz NÃO à CPI da Quadro Negro

Requião prevê prisão de Beto Richa e da cúpula do PSDB do Paraná