“O PSDB não está mais na base do governo”, pero no mucho

Publicado em 29 novembro, 2017
Compartilhe agora!

O ministro da Casa Civil Eliseu Padilha afirmou nesta quarta (29) que “o PSDB não está mais na base do governo”. Nós complementamos: pero no mucho, que em português significa “mas não muito” fora do governo Michel Temer.

No próximo dia 9 de dezembro, os tucanos juram que oficializarão a saída do cleptogoverno peemedebista. Entretanto, o PSDB admite que poderá votar a favor da reforma da previdência e manter alguns ministros por “livre escolha” de Temer.

Os tucanos querem fingir distância em virtude da aproximação das eleições de 2018. Michel Temer tem incríveis picos de 100% de rejeição, segundo monitoramento do próprio Palácio do Planalto.

O candidato do PSDB para o ano que vem é Geraldo Alckmin.

O diabo é que não dá para desassociar Temer do PSDB, haja vista o partido dos tucanos ter sido a mola mestra do golpe de Estado e a crise econômica no país.

Compartilhe agora!

Comments are closed.