Lata velha “espera” por Huck em Curitiba

Curitiba é para os fortes. Dito isto, uma lata velha “aguarda” em vão pela visita de Luciano Huck, que viria à capital paranaense nesta quinta (9).

Huck ficou com medo da “ovada” programada pelas redes sociais e desistiu de inaugurar uma hamburgueria da qual é sócio.

O veículo modelo FIAT está abandonado há 15 dias em frente à reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no centro da capital paranaense, depois de ter batido num poste.

Abandonado, o veículo foi queimado e pichado. Entretanto, até agora, a Secretaria Municipal de Trânsito (SETRAN) não removeu a sucata.

O diabo é que o mesmo órgão municipal costuma guinchar com muita rapidez — depois de certo tempo — carros que estacionam na rua ou em locais restritos. Claro, há interesse econômico.

Prefeito Rafael Greca, se o moço da lava velha não vem, não seria mais adequado a remoção do carro velho abandonado há mais de duas semanas?

Calcula-se mais de mil veículos abandonados pelas ruas centrais e bairros de Curitiba.

As imagens do incêndio do carro são do programa Balanço Geral (Record), de 1º de novembro de 2017:

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Só ignorante pra concordar com uma imbecilidade dessas.

  2. Bem colocado: Há interesse econômico em guinchar carros estacionados em locais restritos. Enquanto isso, outras medidas saneadoras para garantir a ordem pública são dexadas de lado, como o livre mercado de mercadorias contrabandeadas.

  3. TACLA-lhe OVOSSSSSSSSSSSSSSS