Estadão expõe Huck ao ridículo com “fake news” sobre pesquisa

| 11 Comentários

Desespero nas vésperas de 2018 tem nome: Estadão. Haja vista a manchete “fake” empregada pelo jornalão paulistano: “Aprovação a Huck dispara e atinge 60%, mostra pesquisa”. Isto chama-se expor ao ridículo o ridículo.

A matéria de capa do Estadão é o que se convencionou denominar “fake news”, qual seja, notícia falsa em bom português. É o velho estilo da velha mídia que não tem nenhum pudor de mentir, mentir e mentir para assegurar seus interesses políticos, econômicos e ideológicos.

A ideologia, meu caro leitor, nada mais é que a falsa representação da verdade. É ela que faz o oprimido (trabalhador) defender as teses do opressor (empregador) e do capital financeiro (bancos). E o Estadão é uma dessas ferramentas nesse controle de mentes por meio das “fake news” — as malditas notícias falsas.

Voltemos ao dublê de apresentador e candidato da Globo Luciano Huck (que diminui de importância diante da exagerada “fake news” de Estadão).

“Segundo a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, a aprovação ao nome de Huck apresentou um salto de 17 pontos porcentuais desde setembro, passando de 43% para 60%. Já a desaprovação caiu de 40% para 32% no mesmo período.”

O presidente da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, ao Blog do Esmael, afirmou nesta quinta (23) que Huck sequer aparece nas pesquisas de opinião. Portanto, o Estadão submeteu ao ridículo o que já era ridículo ao apelar para a “fake news” nas vésperas de 2018.

O ex-presidente Lula, que lidera todas as pesquisas sérias, inclusive na Paraná Pesquisas, comentou a manchete do Estadão: “Quero disputar com alguém com logotipo da Globo na testa”.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Só um detalhe: Paraná Pesquisas é aquela empresa que previu que Aécio venceria o primeiro turno. Para mim eles têm credibilidade zero. Tanto faz o blog perguntar a opinião deles ou do palhaço Carequinha, a informação terá o mesmo peso.

  2. “Accioly será mais um ex-amigo de Luciano Huck?

    Alvo da Lava Jato nesta manhã, o empresário Alexandre Accioly, apontado como “laranja” do senador Aécio Neves (PSDB-MG), é também sócio do apresentador Luciano Huck em suas academias; desde que começou a ter seu nome incensado pela mídia, que busca fabricar um nome de laboratório, Huck já tentou minimizar suas ligações com personagens encrencados, como Aécio, Cunha, Sergio Cabral, Padilha, Geddel, Joesley Batista e Eike Batista. Huck apagou e mandou apagar todas as fotos nas quais aparecia com essas figuras. E agora: o sócio Accioly será também um ex-amigo?”.

  3. Talvez ele (L. Hulk) seja um coitado sendo usado pela mídia ordinária e imbecil mentirosa, que está desesperada com o avanço de LULA2018.

  4. Pingback: Blog do Esmael

  5. Lendo os comentários, reforço meu pensamento: vocês são loucos.

  6. Pingback: Jornal Estadão publica ‘Fake News’ na capa para tentar manipular leitor

  7. Isso e coisa de canalhas e golpistas já sem candidato e mata um deles ,já sem voto,este e mais um dos candidato dos imbecis.

  8. Então vejamos, se ele tinha 3% de intenção de voto na última pesquisa, agora com 60 % de aprovação teria ido ele a 4,8%, esse é o cara, a verdadeira cara de vagabundo elitizado de merda.

    • Caro Lenin, você foi brilhante!
      A globo gosta desde sempre, de jogar merd…a no ar.
      Esse playboy é só mais uma dessas merdas.
      E nós temos o dever de aprendermos a fazer contas, para entendermos como esses jornais de esgoto tentam ludibriar o entendimento do povo.
      Esse seu esclarecimento quanto aos verdadeiros números, deveria ser matéria aqui do Blog.
      Então, caro Esmael, que tal pegar uma carona no post do amigo Lenin, e esclarecer ao Brasil os números da bost..a da pesquisa que o estadão divulgou???
      Faria bem a todos enxergarem a verdade, coisa que a globo e seus asseclas não gostam de fazer.
      Esse imbecil, dublê de apresentador, usa os mais pobres pra se promover e conquistar audiência, e o povo brasileiro em sua ignorância cai nas redes do farsante fascista.
      Mandou bem nessa, caro Lenin.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.