A velha mídia errou outra vez: depoimento de Palocci não “matou” Lula em 2018

Nunca a velha mídia errou tanto na história deste país.

Primeiro achou que a perseguição e condenação do ex-presidente Lula seria suficiente para tirá-lo das eleições de 2018.

Depois acreditou que o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci, ensaiado com procuradores, enterraria de vez a candidatura de Lula.

Restou claro que quanto mais batem, quanto mais condenam, quanto mais perseguem, Lula se transforma em “santo”. Vide o Datafolha que aponta o ex-presidente imbatível para o ano que vem.

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) resumiu a ópera bufa da velha mídia: “Os que diziam que Lula estava morto depois de Palocci devem estar arrancando os cabelos”.

Comentários encerrados.