Requião pede a cassação de Aécio

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) afirmou que o Supremo restabeleceu o princípio constitucional ao reconhecer ser prerrogativa do Congresso Nacional o afastamento de parlamentares, mas, segundo o peemedebista, sob pena de desmoralizar-se, o Senado deve agora oferecer apoio ao afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG).

“Na minha opinião o STF ‘lenhou’ prerrogativas constitucionais. Mas o Senado para não se desmoralizar deve agora oferecer apoio ao afastamento”, escreveu nesta quinta-feira (12) o senador do PMDB paranaense.

Para Requião, o senado deve deixar claro à sociedade que “não é complacente e auto complacente com a corrupção” absolvendo Aécio.

“Agora restabelecido o princípio constitucional cabe ao Senado mostrar que não é complacente e auto complacente com a corrupção”, opinou o parlamentar.

No final deste setembro, o PT também pediu a cassação do senador Aécio Neves ao tempo que condenou a decisão do STF de afastar o tucano do Senado. Segundo a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do partido, quem tem poder de afastar temporária ou definitivamente um senador no exercício de seu mandato é o próprio Senado Federal.

“O Código de Ética do Senado Federal dá poderes para a Casa tratar do assunto e afastar o Senador Aécio Neves. Por isso, nós vamos acionar os mecanismos institucionais adequados para que isso seja feito”, explicou à época a senadora Gleisi Hoffmann.

Comentários encerrados.