Requião Filho: As privatizações de Richa

Para o deputado Requião Filho (PMDB), quando o assunto é privatização, o governo Beto Richa (PSDB) mostra-se mais confuso que camaleão diante de arco-íris.

Se colar, colou!

Requião Filho*

Circula pelas redes sociais, uma nota oficial do presidente da Sanepar aos funcionários saneparianos, afirmando que o Governo do Paraná não tem qualquer intenção de privatizar a empresa, nem mesmo a Compagás ou a Copel. Porém, a nota reconhece a existência de um acordo de cooperação técnica, feito pelo BNDES, para inserir empresas públicas a um programa de desestatização.

Ora, mas se o acordo foi criado é porque claramente se pretendia algo. Mas isso tudo antes da população ser alertada sobre o fato. Como o alarde foi grande e o plano mirabolante não se concretizou, a proposta foi ofertada a outros 15 Estados, como numa “saída” pela tangente. “Não era para o Paraná… mas se colar, colou”.

É, senhores… esta foi por pouco!

É só apagar a luz ou piscar os olhos que, em alguma brecha, eles tentam vender nosso patrimônio. Agora garantem que manterão no mínimo 60% do controle acionário das estatais, conforme prevê a atual legislação.

Mas a qualquer distração, eles chegam de mansinho, como quem não quer nada, lançando boatos e factoides para passar sem que ninguém perceba. Se colar, colou! E se piscar, perdeu. Atenção, senhores! Fiquemos atentos.

*Requião Filho é deputado estadual pelo PMDB do Paraná.

Comentários encerrados.