Fim de feira e fim de governo

e Eis uma prova concreta de que o governo Beto Richa (PSDB) chegou ao fim e virou fim de feira.

Na manhã desta quarta-feira (11), não encheu meio auditório a reunião do tucano com empresários da região central do Paraná.

O governador pretendia lotar a Faculdade Guarapuava, de propriedade do secretário de Justiça e deputado licenciado Artagão Junior (PSB). No entanto, apenas alguns empresários e lideranças atenderam ao convite para “prestação de contas” e “debate sobre investimentos em Guarapuava”.

Além de Artagão, “pajearam” Beto Richa os deputados Cristina Silvestre (PPS), Alexandre Curi (PSB) e Bernado Carli (PSDB).

Quanto ao local inóspito escolhido para o encontro, explica-se: medo de manifestação, medo de povo; faz sentido após congelamento de salário de servidores públicos e proposta de impostaço de 246% no lombo dos empresários paranaenses.

LEIA TAMBÉM:
Bate na trave título de cidadão honorário para Beto Richa em Toledo (PR)

Comentários encerrados.