Enio Verri: Um torneiro mecânico [Lula] para valorizar a Educação

| 22 Comentários

O deputado Enio Verri (PT-PR) conta como um toneiro mecânico, com Ensino Médio, e uma guerrilheira que combateu a ditadura construíram centenas de Institutos Federais de Ciência (IF) e 18 universidades.

Um torneiro mecânico para valorizar a Educação

Enio Verri*

Ontem, as lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT), da Câmara dos Deputados e do Senado, em parceria com a Fundação Perseu Abramo (FPA), realizaram o Seminário: Educação Pública, Desenvolvimento e Soberania Nacional. Durante todo o dia debateu-se os avanços e retrocessos na área da Educação, fez-se uma sonora defesa do Plano Nacional da Educação (PNE) e um debate sobre o papel da Conferência Nacional Popular da Educação (Conape), na defesa da Educação soberana.

O PNE vem sendo desconfigurado, a ponto de mais de 20 entidades se desligarem em protesto contra o desmonte e a submissão da instância à política entreguista do golpista decorativo, como a revogação da Conferência Nacional da Educação. Nesse processo, é necessário a atenção para o preponderante e incisivo papel da imprensa dos grandes veículos de comunicação, tanto no silêncio sobre o desmonte, quanto pelo declarado apoio à privatização na educação, em todos os graus.

A primeira medida de Temer foi para asfixiar o Estado. A EC 95 condena o Brasil a 20 anos de estagnação. Só se pode investir, a cada ano, apenas o reajuste da inflação do ano anterior. Entre 2006 e 2007, o PT criou o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação Básica (FUNDEB). Até o ano de 2016, o investimento saltou de R$ 47 para R$ 121 bilhões.

De 2007 a 2011, o programa Proinfância construiu 2.543 escolas infantis. Durante os governos Dilma foram alcançados 4.178 municípios, com a construção de aproximadamente seis mil unidades e a contratação para se construir mais de oito mil escolas. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mais uma vez, acerta em cheio. Durante pronunciamento no encerramento do Seminário, ele desmentiu a imprensa que enaltece os investimentos estrangeiros atraídos por Temer.

Segundo Lula, diferente do que ela diz, o capital externo não está investindo coisa nenhuma no Brasil, está apenas comprando barato infraestrutura construída com o suor e o sangue de todos os brasileiros. E assim é com a Petrobras, com o Sistema Eletrobras, com os Correios e os bancos estatais. Todas essas empresas, além de estratégicas para a soberania nacional, são superavitárias. Todas têm problemas, mas nada que justifique desfazer-se delas.

A imprensa necessita proteger o golpe. Uma de suas funções é esconder o que de prejudicial o seu aliado causa à nação. Sobre Educação Básica, a única coisa da qual essa imprensa sabe é se alinhar à fascista ideologia do movimento Escola Sem Partido. Ela não debate com a sociedade o comprometimento para o futuro de uma nação soberana, o impacto dos cortes que um governo promove na Educação Básica.

Em 2017, foram investidos R$ 6,1 bilhões no programa Educação de Qualidade para Todos. A estimativa para 2018 é de R$ 3,5 bilhões. Dos R$ 120 milhões investidos no apoio à alfabetização, elevação da escolaridade e qualificação profissional, em 2017, estão previstos apenas R$ 31 milhões, para 2018. Os poucos avanços democráticos conquistados por cima de muito preconceito, em 13 anos, estão sendo retirados para favorecer o capital privado de uma elite mesquinha e ignorante.

Um toneiro mecânico, com Ensino Médio, e uma guerrilheira que combateu a ditadura construíram centenas de Institutos Federais de Ciência (IF) e 18 universidades. Entre 2011 a 2015, foram invstidos R$ 15 milhões no Pronatec, que chegou a 9,4 milhões de matrículas, em 2016. A brejeirice da elite brasileira impede que ela superem um medo atávico do desenvolvimento soberano, por meio do domínio científico e tecnológico.

A imprensa inimiga do Brasil não conta para a nação os cortes de Temer no orçamento da educação profissional e tecnológica. Em 2015, foram investidos R$ 8 bilhões; em 2016, 5 bilhões; em 2017, 4 bilhões e, em 2018, serão 2 bilhões. Temer foi coerente ao vetar artigo que confere prioridade ao cumprimento das metas do PNE. Lula denunciou esse desmonte e lembrou que nações como, Alemanha, Coreia e Japão alcançaram desenvolvimento científico e tecnológico investindo em educação.

Já os investimentos do PT no Ensino Superior são tão ignorados pela imprensa golpista quanto o desmantelamento das políticas promovidas por Temer e seu ministério sabujo dos interesses internacionais. Não se fala nas quase quatro mil novas vagas em 60 cursos de medicina, dentro do programa Mais Médicos. Nem nos mais de 100 mil estudantes de graduação que foram estudar fora do País.

Por outro lado, essa mesma imprensa esconde do público que os ataques de Temer à Educação começaram, já em 2016, quando ele cortou 90 das 300 mil vagas para o FIES estabelecidas para aquele ano. O corte de R$ 4,3 bilhões no orçamento do MEC é uma das causas da redução do teto global de financiamento e do número de contratos do programa. Já o Ciência Sem Fronteiras, acabou. Desde a semente ao amadurecimento da educação, a elite brasileira sabota esta nação.

Lula fechou o seu pronunciamento com o retrato do desgoverno Temer e chamou os detratores da Educação às falas: “Letrados, sintam vergonha porque um torneiro mecânico se preocupa mais com a educação do que vocês”.

*Enio Verri é deputado federal pelo PT do Paraná.

22 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. por ai vemos o nível dos nossos governantes, ter que acreditar que um verme desse feito Lula pode salvar alguma coisa…só na cabeça dos petralhas…VOLTEM MILITARES

    • Mas… se há farto material em qualquer página oficial e nas mídias – por mais reacionárias e sem noção que sejam- que atestam esse fato, por que antipetista insiste em negar, com argumentação ad hominem, sem qualquer embasamento? Só fazem xingar as pessoas que se posicionam à esquerda na política, como se os militares tivessem verdadeiramente se preocupado com a educação… Olhe, quanto mais iletrado o povo, mais fácil de ser manipulado. Como você, e alguns outros aqui, por exemplo.

    • conteste os números seu lixo!, o país nunca investiu tanto e a mesma nunca tratada tão bem antes como foi na época do PT, sou professor de escola pública, fui aluno de escola pública todos os anos da minha vida, tem que ser muito, mas muito babaca para não reconhecer isso. E alias do regime militar nasceram políticos honestos como Paulo Maluf, o ex presidente da CBF José maria Marin, jader barbalho, romero jucá, ACM todos ex arena…O que lhe faz pensar que eles (militares) iriam moralizar alguma coisa

  2. Incrível, foi o governo que mais investiu e também destruiu a educação no Brasil.
    Incompetência e dinheiro não traz bom resultado.

    • Leia de novo o seu comentário. Acha mesmo que há alguma lógica no que escreveu? Como um governo pode investir em algo e destruí-lo ao mesmo tempo? Antipetismo é uma doença. Causa cegueira, confusão mental e crises agudas de ódio e intolerância. O tratamento existe. Não é fácil, mas existe: muita leitura, estudo profundo da História recente do Brasil, exercício da tolerância, superação de preconceitos… Se não tratar, meu caro, afetará permanentemente sua capacidade de discernimento.

    • não, não destruiu, muito pelo contrário a mesma só progrediu, se expandindo principalmente, escolas foram construídas em locais com gerações pós gerações de analfabetos, não conseguiu se qualificar, porque em 12 ou 14 anos não é possível recuperar 500 anos de atraso que a sua turma causou.

  3. Como fui professor do ensino superior por 36 anos, posso dizer com certeza que nos governos Lula e Dilma é que houve maior investimento em educação. Durante os governos FHC houve somente uma tentativa de racionalizar os recursos que eram escassos, porém isto só ocorreu durante uma época.

    • Professor de ensino superior bosta nenhuma, tu no máximo é pago pelo PT, e com dinheiro roubado, para vir aqui falar bem dessa corja de vagabundos.

  4. COMO A ESQUERDA ENDEUSA BANDIDOS. SÃO SEUS HEROIS. O PIOR QUER QUE EU SINTA OU MELHOR EXIGE QUE CULTUE.

    • Não mesmo. Vocês, da direita, têm uma quadrilha inteira de estimação. São incapazes de reconhecer qualquer mínima conquista democrática nos governos progressistas. São pessoas amargas, odientas. Nós “queremos” ou “exigimos” que cultuem nossos heróis? Deixo isso pra vocês. Pros bolso-lixos da vida, pros aécios, pros jucás, pros temer. Como não se identificam, não posso apostar que votou no prefake, porque não sei de onde você é. Mas posso apostar (e ganhar) que acha ótimo passar trator por cima de pobre, acordar morador de rua com água gelada às 6 da manhã, vender a cidade pros amigos e administrar uma cidade de 13 milhões de habitantes por celular. Gente! Pensar não dói!

  5. Pra mentir, enganar e roubar também não precisa estudo.

  6. Transferi o Blog do Esmael nos meus favoritos…… antes estava em “NOTICIAS”, agora esta na pasta “HUMOR”……..

    • Quanto mais iletrado o povo, mais fácil de manipular. Você é prova viva disso. Se estudou, não aprendeu. Se aprendeu, não utiliza o seu conhecimento. Se utiliza, é pro mal. Se considera “humor”, é porque não lê, não pesquisa e tem capacidade intelectual limitada. Quer criticar? É seu direito, mais: é obrigação de todos nós. Mas usando inteligência e argumentos decentes, embasados. De vez em quando eu visitava as páginas direitistas para saber, afinal porque cargas d’água essa gente pensa tão diferente de mim. Mas eu não ofendo ninguém, não. Fico bem quietinha. Mesmo que tenha que me controlar pra não vomitar no teclado, de tanto ódio e ignorância que eu leio. Mas respeito. Coisa que vocês não sabem o que é.

    • humor é u sinal de inteligência, bem diferente do seu comentário.

  7. Eles quanto mais burro mais fácil mandar manipular.e comprar seu VOTO.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.