Por Esmael Morais

Sobraram “flechas” até para o núcleo JBS

Publicado em 08/09/2017

Janot deverá pedir a prisão do ex-procurador e seu ex-auxiliar de confiança Marcelo Miller, suspeito de atuar em favor de executivos da JBS enquanto ainda atuava como investigador da Lava Jato.

Em mau lençóis depois que gravações vieram à tona mostrando o modus operandi da fabricação de provas contra políticos, Janot também deverá pedir a prisão do delator e dono da JBS, Joesley batista, e do executivo da empresa Ricardo Saud.

A pluralidade de “flechas” disparadas contra tudo e contra todos ocorre a alguns dias do fim do mandato do procurador na PGR.

Nas últimas horas, Janot requentou denúncia contra Lula e Dilma por obstrução à justiça (caso da nomeação para a Casa Civil); “flechou” senadores do PMDB por organização criminosa; e agora promete xilindró para o núcleo JBS na lava jato.

Há expectativa, ainda, de o procurador meter “flecha” em Michel Temer com sete superdelações.