O “voo de galinha” de Bolsonaro

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) realiza um “voo de galinha”, segundo pesquisa publicada hoje no Estadão.

De acordo com sondagem da IPSOS, “o total de entrevistados que o rejeita subiu de 56% para 63% (a pior taxa em dois anos) e a parcela que aprova sua atuação caiu de 21% para 19%”.

Por “voo de galinha” entende-se o fenômeno não sustentável do crescimento de Bolsonaro nas pesquisas eleitorais com vistas a 2018.

Comentários encerrados.