Por Esmael Morais

Janot deu parecer contra o “volta, querida”

Publicado em 14/09/2017

No parecer, Janot afirmou que não cabe ao STF reexaminar a decisão, “sob pena de esvaziar-se a previsão constitucional” de julgamento do Senado Federal no caso.

O pedido de reexame da cassação de Dilma foi feito pelo ex-ministro José Eduardo Cardozo, que defende a presidente eleita.

O processo que pede a anulação do impeachment é relatado no STF pelo ministro Alexandre de Moraes, que serviu ao governo Michel Temer na pasta da Justiça.

Portanto, nas vésperas de deixar o cargo na PGR, Janot enterrou a expectativa do “volta, querida”.